Apodi RN

Loading...

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Sítio Santa Cruz (O berço da família Mota)


HISTÓRIA
Quando aqui, só a mata predominava, diz que, passando um padre por uma estrada que existia ligando outras comunidades, chegou a hora de celebrar a missa, que estava marcada em outra localidade. Como por lei, a hora da celebração não podia ser adiada, o padre e o sacristão que cavalgaram, apearam-se, amarraram os animais e ali ergueram um cruz e celebraram o ato santo, em frente a uma lagoa.

Partindo, deixaram a cruz como marca e prova de que tinhas cumprido com o seu dever. Aqui chegando os primeiros moradores, encontraram a cruz, que segundo as tradições, é santa. Daí surgiu a idéias do nome Santa Cruz, que aí está. E a lagoa ate hoje é denominada de “A Lagoa da Missa”, que fica nesse mesmo terreno.

PRIMEIROS MORADORES Os primeiros moradores de Santa Cruz foram: JOSÉ DA MOTA FERREIRA com sua esposa EMÍLIA, aqui chegando, família bem arranjada construí casa que era denominada a fazenda dos motas, pois possuíam muito gado e chiqueiros de criação de bode, como chamavam na época. Aqui os rebanhos cresciam muito pois a pastagem era intensa. A família do casal compunha-se de 6 filhos. 5 homens e 1 mulher. ANTONIO MOTA, HENRIQUE MOTA, RAIMUNDO NONATO MOTA, FRANCISCO MOTA, JOSÉ MOTA(Zezinho Mota), ANA EMÍLIA(Donana mota)

Depois chegou a família de JOSÉ MARCELINO e esposa MARIA. Aqui se ambientaram e eram pais de 6 filhos. 4 homens e 2 mulheres. Do outro lado do rio, a primeira família a ambientar-se foi DOMINGOS CAETANO e esposa ANTONIA. Tiveram 3 filhos e 4 filhas. Vindo em seguida a 4ª família fundadora, LUIS PINHEIRO e MARIA, pais de 5 filhos homens e 2 mulheres.

As quatro famílias desbravaram as terra e delas tiraram o seus sustento. A família Marcelino chegou a construir uma casa de farinhas que funcionava através de animais, ou seja. Era puxada por burros. A família Mota destacou-se pelos grandes rebanhos e um dos seus filhos chegou a exercer o cargo de professor particular na comunidade, a escola funciona na casa de farinha e também como advogado de causas.

As famílias trabalhavam na agricultura e as mulheres tinham acrescida a tarefa de fiarem suas redes e algumas vestimentas para o uso diário, que constituía em túnicas que se alongavam até os pés.

ASPECTOS GEOGRÁFICOS
- Distancia da cidade - 18 km 
LIMITES
Ao norte: Grossos - 12 km
Ao Sul: Canoa - 6 km
Ao leste: Poço Verde - 2,5 Km
Ao Oeste: Campo Grande - 4 km. Melancias - 8 km

Fonte: Cartilha : História do Sítio Santa Cruz, 1997 - Clique para baixar arquivo completo

Nenhum comentário: