Apodi RN

Loading...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Subsídios para a história do Sítio “Soledade” (parte II)


A história da ocupação das terras da CHAPADA DO APODI, sem metais preciosos e infestada de feras e de índios tapuias ferozes, constitui uma das grandes epopéias da formação territorial do município de Apodi. Quando o bravo bandeirante MANOEL DA SOLEDADE venceu e empurrou o gentio indígena para mais longe, estabeleceu sua fazenda de criar gado nas imediações do que ele denominou de "LAJES GRANDES", onde hoje situa-se o sítio "Soledade". Assim se fez, nestas dilatadas e semi-áridas terras, um povoamento digno dos estudos do Marechal Rondon - O famoso desbravador, e de Coriolano e Nonato Mota - historiadores.

As intempéries do tempo, aliadas às belicosidades dos índios, fez com que a ocupação das terras fosse feita de forma lenta e gradual. Segundo documentos oficiais, especialmente as famosas  CARTAS DE DATA DE SESMARIA, a família NOGUEIRA, pioneira no processo de colonização e ocupação das terras apodienses, optou por estabelecer seus currais de gado nas terras situadas ao redor das lagoas de Apodi e do "Apanha-Peixe", tendo a abundância da água como elemento crucial para sua fixação, fenômeno ao qual os historiadores denominam de HIDROTROPISMO, que significa que a água é o fator determinante para a fixação do homem ao lugar que ele escolheu para fixar moradia e estabelecer seus currais de gado. Assim, na sequência cronológica do processo de povoamento, temos Manoel da Soledade como pioneiro, recebendo a concessão de suas três léguas de terras de comprido por uma de largura, nas ditas "LAJES GRANDES", em CARTA DE DATA DE SESMARIA expedida em 01 de Fevereiro de 1766. Já em 15 de Março de 1785 eram doadas terras no mesmo regime de sesmarias, ao Capitão José da Cunha Pereira, compreendendo terras situadas entre as LAJES DA SOLEDADE, caminho do Jaguaribe, e a fazenda "Ponta da Lagoa", por cima da serra, ou seja, as terras começavam onde hoje é o sítio "Ponta" e se estendia até em cima da serra. (FONTE: QUARTO VOLUME DAS 929 SESMARIAS DO RN - 1764 a 1805 - Coleção Mossoroense - Fundação Vingt-Un Rosado - Maio de 2000). No inventário do Tenente-General Francisco de Souza Falcão (Ano de 1812), consta dentre os seus bens de raiz, terras na Serra da Picada do Apodi. (FONTE: Vide livro "VELHOS INVENTÁRIOS DO OESTE POTIGUAR", pág. 34 a 36 - Autor: Marcos Antonio Filgueira - Coleção Mossoroense - Série C - Volume 740 - Ano 1992.). No inventário do seu filho Sebastião de Souza Falcão (Ano de 1846), consta que possuía "terras no sítio Soledade, da estrada da picada do Apodi, que o inventariado herdou de seu pai". Em 04.08.1836 encontramos o Sr. Francisco de Souza Falcão, filho do dito Tenente-General Falcão, vendendo terras no sítio "Olho D'água da Soledade" ao Sr. Alexandre da Costa Pinto, que por sua vez as vendeu em 12.12.1838 ao Sr. MARCOS ALVES DA FONSECA. Em 20.07.1839 o Padre Christovão de Holanda Cavalcanti, residente em "Afogados da Ingazeira"- Pernambuco, vendia terras no sítio "Soledade" ao Sargento-Mór Antonio Francisco de Oliveira. As terras situadas distantes das "Lajes Grandes" foram povoadas por DOMINGOS BORGES DE ABREU, que recebeu concessão em 07.04.1717, e que até hoje são conhecidas as ditas terras como sendo a famosa "DATA DO ABREU". As terras onde estão situados os sítios DO GÓIS e ALGODÃO foram povoadas por ROMUALDO MACHADO, que ainda vivia no ano de 1775 residindo na então Aldeia do Apody, cujas três léguas de terras tem a denominação em documentos cartoriais de registro de terras, como sendo a "DATA DO ROMUALDO", denominação esta que perdura até hoje. Pesquisando em vários livros de Registro de Notas do primeiro Cartório Judiciário de Apodi (Período 1831 a 1856) encontrei o Sr. MARCOS ALVES DA FONSECA vendendo meia légua terras a ele pertencentes, ao Sr. João de Góis Nogueira. Em 22.08.1836 o Capitão João Lourenço Pereira de Azevedo, morador em Pernambuco, vendeu terras situadas no sítio "Soledade", ao Sargento-Mór Antonio Francisco de Oliveira, irmão de Joaquina Mariana de Jesus, primeira esposa do Capitão Vicente Ferreira Pinto, cujas terras ele as houve por herança do seu filho Ignácio Pereira de Azevedo e sua nora Leonor.

Diante seguidos processos de compra e venda das terras onde está encravado o sítio "Soledade", resta a certeza de que os herdeiros de Manoel da Soledade as vendeu depois da morte dele, ocorrida a 07.02.1775, aos senhores acima citados.

Marcos Pinto – Historiador e Presidente da Academia Apodiense de Letras.
Do Apodiario.

sábado, 25 de junho de 2011

Curiosas Supertições e suas Origens


A SUPERSTIÇÃO
A crença de que podemos, de alguma forma, encorajar a sorte é ainda evidente hoje em dia , sob a forma de superstições.

Por exemplo, existem poucas pessoas que nunca tenham, numa ocasião qualquer, batido na madeira ao falarem de um acontecimento desagradável, que tenham cruzado os dedos quando querem que alguma coisa corra bem, evitando a todo custo passar por debaixo de uma escada ou abrir um guarda chuva dentro de casa.


AS ORIGENS DAS SUPERSTIÇÕES
Na maior parte dos casos estas superstições têm raízes fundamentadas: Os ingleses recusam a terceira chama para acenderem um cigarro, por exemplo, superstição que remonta à Primeira Guerra Mundial. Quando um soldado nas trincheiras acendia o seu primeiro cigarro, despertava a atenção dos atiradores inimigos; o segundo cigarro colocava-o na mira do atirador e ao acender o terceiro cigarro já uma bala assobiava na sua direcção.


OS GATOS PRETOS
O gato conheceu muitas faces da fortuna durante a sua longa associação com o homem. Foi adorado como uma divindade e perseguido como encarnação das forças do mal. Hoje em dia, na Inglaterra, o gato simboliza a magia sem malícia e considera-se geralmente que é um animal que dá sorte. Um gato atravessar-se no seu caminho é muito auspicioso, mas há quem afirme que é um mau presságio se o gato atravessa a rua da esquerda para a direita ou se ele fugir.

Se um gato preto lhe presta uma visita, nunca deve ser expulso porque poderia levar a sorte da casa consigo.

Em muitos países, como em Portugal, o gato preto é encarado com medo e hostilidade. Na América do Sul acredita-se que o gato preto à um poderoso espírito malévolo capaz de causar a doença e mesmo a morte.

Na Europa e nos Estados Unidos o gato preto simboliza o demónio e as suas obras diabólicas. Na América do Sul, contudo, acredita-se que o caldo obtido a partir da fervura da carne de um gato preto poderia curar a tuberculose pulmonar.


ARANHAS
A aranha vista de manhã traz má sorte; se for à tarde, boa sorte, sobretudo se o numero de patas for par. Não se destrói a teia de aranha: «A aranha traz ganhos.»


ANO NOVO
No dia de ano novo, deve-se comer lentilhas: quantas mais se comerem, tanto mais dinheiro se terá no ano que começa. Continuando ainda em gastronomia, na noite de São Silvestre (31 de Dezembro), que «rebente» 0 espumante ou o vinho branco; e, ao soarem as doze badaladas, deve-se engolir apressadamente doze passas.
O EGITO
Depois de tudo o que aconteceu aos descobridores do tesouro de Tutankhamon, mortos em circunstancias misteriosas poucos meses depois de terem profanado aquele túmulo cheio de tesouros incalculáveis, um halo de mau agouro adeja sobre o Egito e os seus ídolos. Nas revistas teatrais não se admitem quadros egípcios pois todos acreditam que são portadores de fracassos mais que certos.

Esfinges, papiros, hieróglifos, pedaços de sarcófagos, jóias roubadas às múmias, são tudo coisas de que convém afastar-se, não vá acontecer alguma coisa!...






DIA 13
Acredita-se que esta crença tenha a sua origem em duas lendas nórdicas. Foi organizado em Valhalla (morada celestial das divindades) um banquete para 12 convidados. Porém, Loxi (espírito do mal e da discórdia) apareceu sem ser convidado e iniciou uma discussão que ocasionou a morte de Balder, o favorito dos deuses. O número ficou marcado como símbolo do azar.

Já a segunda lenda tem como protagonista a deusa da beleza e do amor, Friga, cujo nome deu origem às palavras friadagr e Friday, “sexta-feira” em escandinavo e inglês, respectivamente. Quando as tribos nórdicas se converteram ao cristianismo, a deusa foi transformada em uma bruxa que se exilou no alto de uma montanha. Com o intuito de se vingar, Friga passou a se reunir todas as sextas-feiras com outras 11 feiticeiras, mais o próprio Satanás, num total de 13 participantes, para rogar pragas sobre a humanidade.
FERRADURA
Segundo registros, o objeto já era considerado um amuleto poderoso na Grécia Antiga. Em primeiro lugar porque era feito de ferro, elemento que os gregos acreditavam proteger contra todo mal. E o seu formato lembrava a Lua crescente, símbolo de fertilidade e prosperidade.

Já os cristãos europeus acreditavam que sua origem se deve a São Dunstan de Canterbury, arcebispo inglês conhecido como grande estudioso da metalurgia. Reza a lenda que, Dunstan teria posto ferraduras no demônio e somente as retirou após ouvir a promessa do diabo de que nunca mais se aproximaria do objeto.

BATER NA MADEIRA
Esta superstição está associada à crença de que as árvores eram a morada dos deuses. Sempre que se sentiam culpados de algo, batiam no tronco para invocar as divindades e pedir perdão. Costume ligado a povos primitivos pagãos. Os celtas, também tinham um costume parecido. Os sacerdotes, os druidas, batiam na madeira para afugentar os maus espíritos, pois acreditavam que as árvores consumiam os demônios.

ESCADAS
Alguns acreditam que a superstição surgiu na Europa Medieval. Quando um castelo era atacado, a ponte levadiça era recolhida. Um dos únicos meios de invadir era usar escadas. A defesa para este tipo de ataque era atirar óleo a ferver ou pôr piche nos muros do castelo para repelir os invasores. Quem segurava as escadas, geralmente recebia um banho mortal. Portanto, segurar uma escada por debaixo passou a significar má sorte. Ainda hoje é considerado mau agouro andar por debaixo de uma escada de um pintor, pois objetos podem cair de cima.

QUEBRAR ESPELHO
O reflexo da imagem é a alma, do outro eu, o duplo, passível de perigos e acidentes como o próprio corpo físico. Não ver a imagem pessoal no espelho é a denúncia indiscutível de que a alma está condenada a desaparecer. Daí uma série de superstições. Partir um espelho é despedaçar a própria alma, e, portanto resulta em sete anos de azar. Não se fala em frente de um espelho. Não se deve olhar para um espelho durante a noite. 

sexta-feira, 24 de junho de 2011

PROCISSÃO DE SÃO JOÃO BATISTA, JUNHO DE 2011

Festejos do Padroeiro São João Batista termina com tradicional procissão. Milhares de pessoas foram as ruas de Apodi homenagear o padreiro. Veja fotos:


 
Do Blog do Toinho


ESTATÍSTICAS DAS COPAS DO MUNDO (Parte 02)









'Google Earth' ao vivo: empresa promete vídeo em tempo real até meados de 2012

Em breve você poderá dar um 'tchauzinho' para o céu e te assistir, ao vivo, na tela do computador.

reprodução
terra espaço planeta
Uma empresa chamadaUrthecast está prestes a instalar câmeras de alta definição com grandes lentes de zoom na Estação Espacial Internacional. As câmeras servirão para enviar, de volta para a Terra, vídeos durante 24 horas por dia, 7 dias por semana, com uma resolução comparável com a do Google Earth, informam os responsáveis pelo projeto. Em outras palavras: você poderá dar um "tchauzinho" para o céu e te assistir, ao vivo, na tela do computador.

A Urthecast está firmando parceria com a Agência Espacial Russa para instalar as supercâmeras até o fim deste ano, e as primeiras imagens deverão estar disponíveis até meados de 2012. A máquina enviará vídeos a 3,25 frames por segundo em uma resolução jamais vista - cada pixel representará o equivalente a 1 metro quadrado.

É claro que existe um delay, e é óbvio que a imagem transmitida vai depender da posição do equipamento naquele momento. A Estação Espacial Internacional percorre a órbita da terra 16 vezes por dia e aí, é preciso ter paciência até que a câmera esteja apontada para a sua cidade. O site da UrtheCast terá ferramentas que avisarão quando a estação estará sobrevoando os pontos de seu interesse. 
Link para esta postagem: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/google_earth_ao_vivo_empresa_promete_video_em_tempo_real_ate_meados_de_2012?utm_source=Tecla%20Email%20Marketing&utm_medium=emailmarketing&utm_campaign=Google+Earth+ao+vivo+|+Destaques+do+programa+|+Novidades+no+Facebook+e+Twitter&utm_content=Antonio+Fernandes+Praxedes+Filho+praxedesfilho%40hotmail.com

FILHOS. APENAS UM EMPRÉSTIMO


"Filho é um ser que Deus nos emprestou para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.   Isto mesmo !    Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.  Perder ?   Como ?  Não é nosso, recordam-se ?  Foi apenas um empréstimo."
Autor desconhecido.

Diferença entre Poupar R$100 e Dever R$100.



SAIBA A DIFERENÇA ENTRE POUPAR 100 REAIS E  DEVER 100 REAIS PELO MESMO TEMPO NO BRASIL. 

Se um correntista tivesse depositado
R$ 100,00 (Cem Reais) na poupança em qualquer banco, no dia 1º de julho de 1994 (data de lançamento do Real), teria hoje na conta a FANTÁSTICA QUANTIA de R$ 374,00(Trezentos e Setenta e Quatro Reais).

Se esse mesmo correntista tivesse sacado
R$ 100,00 (Cem Reais) no Cheque Especial, na mesma data, teria hoje uma pequena dívida de R$139.259,00 (Cento e Trinta e Nove Mil e Duzentos Cinqüenta e Nove Reais), no mesmo banco. 

Ou seja: com
R$ 100,00 do Cheque Especial, ele ficaria devendo 9 Carros Populares, e com o da poupança, conseguiria comprar apenas 1 pneu. 
Não é à toa que alguns bancos tiveram quase R$ 
2.000.000.000 (Dois Bilhões de Reais) de lucro liquido somente no 1º semestre.
Dá para comprar um outro banco por semestre! 

E os juros exorbitantes dos cartões de crédito? 
Alguns cobram 12,40 % ao Mês.
Em contra partida a POUPANÇA oferece 0,62 % ao mês.
Reforma Tributária e Financeira no Brasil, já! 

Apodi volta a receber mais de "meio milhão" em royalties


O Rio Grande do Norte recebeu R$ 34,97 milhões no mês de junho, referentes aos royalties pagos pela atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural, de acordo com relatório divulgado ontem pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

No semestre, o montante acumulado é de R$ 185,49 milhões, um valor 19% maior do que o recebido nos primeiros seis meses de 2010. Do total em royalties recebidos neste ano, R$ 98,98 milhões foram destinados ao governo do estado e R$ 86,51 milhões a 95 municípios.
Municípios que mais receberam em royalties:
1) Macau – R$ 2.630.631,34
2) Guamaré – R$ 2.519.485,22
3) Mossoró – R$ 2.091.024,28
4) Pendências – R$ 2.051.317,54
5) Areia Branca – R$ 828.000,15
6) Assu - R$ 542.032,71
7) Apodi - R$ 532.126,11
8) Gov. Dix Sept Rosado – R$ 413.973,23
9) Alto do Rodrigues – R$ 363.022,50
10) Carnaubais – R$ 330.855,01



Fonte: Malvinas.net

ALMOÇO POLÍTICO COM FÁBIO FARIA


Na visita que fez a Apodi, o deputado Federal Fábio Faria foi convidado pelo Grupo político da NOVA GERAÇÂO para almoçar num dos lugares mais freqüentados da região rural de nossa cidade – EVANDILSON.


No local se saboreia a melhor buchada de bode da Região do Apodi, sem falar nas outras especialidades culinárias da cozinha de Evandilson e sua esposa.
Vereadores Genivan, Chico / Flaviano / Evandilson / Deputado Fábio Faria.
Fonte: Apodipolítico

RADIO AM VALE DO APODI COMPLETA 09 ANOS HOJE

 Hoje é aniversário da Rádio Vale do Apodi AM 1030 com Forró de Casa, Vila Acústica, Forró Balanço, Chico de Elvira & Banda, Stylo Musical e muito mais...

Você não pode perder. Tudo grátis em frente à emissora.

Fotos: Janio Duarte

CAMINHÃO VIRA NA BR 405


Caminhão carregado de sal tomba na BR 405, trecho entre o sitio melancias e malhada vermelha, felizmente só ouve danos materiais.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Governo deve anunciar programa de telefonia fixa para pessoas de baixa renda

O objetivo é que cidadãos de baixa renda beneficiados pelo Bolsa Família, aposentados e deficientes paguem R$ 9,90 por 90 minutos mensais

telefone
De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, publicada nesta quarta-feira (22/6), o governo vai anunciar na próxima semana um programa de telefones fixos para pessoas de baixa renda. Os usuários pagarão R$ 9,90 por 90 minutos mensais.
 
Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o projeto vai atender cerca de 12,6 milhões de casas beneficiadas pelo Bolsa Família, além de aposentados rurais e deficientes.

O valor do plano prevê a isenção do ICMS (imposto estadual). Caso o Estado não abra mão do imposto, o preço final do programa passará para R$13,30. Hoje, a assinatura básica custa R$ 46,00.

A proposta ainda precisa ser formalizada por meio de decreto da presidente Dilma Roussef, como parte do plano de universalização. O programa faz parte do conjunto de medidas que inclui a internet banda larga por R$ 35 mensais.
Link para esta postagem: :http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/governo_deve_anunciar_programa_de_telefone_fixo_para_pessoas_de_baixa_renda?utm_source=Tecla%20Email%20Marketing&utm_medium=emailmarketing&utm_campaign=Telefonia+para+baixa+renda+%7C+Todos+os+jornais+do+mundo+%7C+Avi%F5es+do+Futuro&utm_content=Antonio+Fernandes+Praxedes+Filho+praxedesfilho%40hotmail.com

A SOCIEDADE É ASSIM


O POBRE TRABALHA,
O RICO EXPLORA-O,
O SOLDADO DEFENDE OS DOIS,
O CONTRIBUINTE PAGA PELOS TRÊS,
O VAGABUNDO DESCANSA PELOS QUATRO,
O BÊBADO BEBE PELOS CINCO,
O BANQUEIRO ESFOLA OS SEIS,
O ADVOGADO ENGANA OS SETE,
O MÉDICO MATA OS OITO,
O COVEIRO ENTERRA OS NOVE,
 E O POLÍTICO VIVE DOS DEZ !
 

HUMOR "O pastor e o advogado"




Um pastor de ovelhas estava cuidando de seu rebanho, quandosurgiu pelo inóspito caminho uma Pajero 4x4 toda equipada. 
Parou na frente do velhinho e desceu um cara de não mais que 30 anos, terno preto, camisa branca Hugo Boss, gravata italiana, sapatos moderníssimos bicolores, que disse: - 


Senhor, se eu 
adivinhar quantas ovelhas o senhor tem, o senhor me dá uma? - 

Sim, respondeu o velhinho meio desconfiado. 

Então o cara volta pra Pajero, pega um notebook, se conecta, via celular, à internet, baixa uma base de dados, entra no site da NASA, identifica a área do rebanho por satélite, 
calcula a média histórica do tamanho de uma ovelha daquela raça, baixa 
uma tabela do Excel com execução de macros personalizadas, e
depois de três horas, diz ao velho: 

- O senhor tem 1.324 ovelhas, e quatro podem estar grávidas. 


O velhinho admitiu que sim, estava certo, e como havia prometido,poderia levar a ovelha. 

O cara pegou o bicho e carregou na sua Pajero.
 

Quando estava saindo, o velho perguntou: 

- Desculpe, mas se eu adivinhar sua profissão, o senhor me devolve a ovelha? 

Duvidando que acertasse, o cara concorda. 

- O senhor é advogado ?!?! diz o velhinho... 

- Incrível! Como adivinhou? 

- Quatro razões: 

- Primeiro, pela frescura; 

- Segundo, veio sem que eu o chamasse; 

- Terceiro, me cobrou para dizer algo que já sei.
 

- E quarto, nota-se que não entende merda nenhuma do que esta 
falando: 
devolve já o meu cachorro!!!!
 

segunda-feira, 20 de junho de 2011

ENCONTRO DA NOVA GERAÇÃO NESTE ÚLTIMO FINAL DE SEMANA FOI NO ASSENTAMENTO FREI DAMIÃO

Comunidade do Assentamento FREI DAMIÃO recebeu na manhã de ontem a comitiva da NOVA GERAÇÃO. Estas reuniões que o grupo político tem feito todos os finais de semana tem como principal objetivo ouvir as comunidades sobre suas principais reivindicações no campo social e estruturante.


Assim como tantas outras comunidades de Apodi, FREI DAMIÃO passa por dificuldades estruturantes. Os moradores reivindicam uma melhor condição de água, um melhoramento na entrada da comunidade, uma parada de ônibus para evitar acidentes. Com relação à saúde os moradores cobram uma melhor assistência.

O vereador Chico de Marinete agradeceu a receptividade dos moradores da comunidade e disse que estava alí para ouvir os moradores daquele assentamento e levar suas reivindicações para fazer as cobranças para que as soluções seja encontradas.



Comunidade participou em peso do evento da Nova Geração. 


 Nas palavras da Nova Geração, o prof Flaviano Monteiro reafirmou que assim como nas eleições anteriores o grupo apresentará uma candidatura em 2012. "NÃO EXISTE QUALQUER POSSIBILIDADE DE UNIÃO ENTRE A NOVA GERAÇÃO E O GRUPO DA PREFEITA GOERETI. O objetivo do grupo é de unir a oposição contra o governo da prefeita para o enfrentamento político que se avizinha."


O sr. Zé Simão usou da palavra e se mostrou muito preocupado com a situação da agricultura familiar. Disse ele que não está dando para continuar o trabalho com este programa. Falou das dívidas que os pronafianos tem e que não estão conseguindo quitá-las.
Fonte:Apodipolítico

Subsídios para a história do Sítio "Soledade" Apodi RN (Parte I)




A  vasta  extensão territorial  do  município de Apodi  proporcionou  a  fixação dos primeiros habitantes  dito civilizados, à medida que  era  exterminada  a   indiada  tapuia  paiacus, da  nação  Tarairius.  Durante o período  de estio, em que as chuvas  davam  lugar à  sequidão  das  terras, os índios  eram  forçados  à   retornarem  ao  convívio  das  belas paragens  naturais situadas  nas  margens das   piscosas   lagoas  de  Apodi  e  do  "Apanha-Peixe", onde  dessedentavam-se  e  praticavam a  pesca  como  meio de sobrevivência. Durante o  período invernoso, retornavam  ao cimo da  serra, a  qual  os  colonizadores  deram  inicialmente  o  nome  de  "SERRA  DA PICADA", cuja denominação  toponímica  primeira  deve-se  ao  fato  de  que  a  "picada"  havia  sido  aberta  pela  brava  família  NOGUEIRA FERREIRA,comandada  por  MANOEL  NOGUEIRA  FERREIRA (05.05.1655 - Paraíba/17.01.1715 - Apody),que aportou em  Apodi  oriundos  da Paraíba, via  Ceará, pelas  veredas  indígenas (Atual BR  116) que entroncavam  com  outra que  seguia no  rumo de Apodi, adentrando no atual  lugar  denominado de "Olho D'água da  Bica", varando em  indômita caminhada  as adustas  e  quase indevassáveis  caatingas  da  serra de  Apodi.

Quando  o governo da então Capitania do  Rio  Grande  começou  a  doar as terras do rincão  Apodiense  aos primeiros colonizadores, através das  famosas  CARTAS  DE  DATA  DE  SESMARIA, (1680-1742),doando  terras  no tamanho de  três  léguas de comprimento por  uma  de  largura, faziam  constar  no  documento oficial  - quando se  tratava das terras  situadas em cima da  serra, que dita  Sesmaria  era  encravada  na  "Serra da Picada", para  logo mais passarem  a  denominarem  de  "SERRA  PODY  DOS  ENCANTOS".  Á essa  linda  referência  toponímica, atribuo  ao fato de  que  o  elemento  colonizador, ao  chegar  às  bordas  da  serra e vislumbrar  o belo cenário  que  ainda  hoje  se  descortina  aos  nossos  olhos, na direção  da  lagoa  e  do  vasto carnaubal  da  várzea, resolveu que em seus requerimentos  denominariam  a  então  "Serra  da  Picada"  como  "Serra  Pody dos  Encantos", ligando  a  denominação  indígena  PODY, ao  belo  panorama  que  era  proporcionado aos que  transitavam  pela  serra.  Quando  a serra  cobria-se  do  manto  verde,  vestido pelo dadivoso  inverno, os  índios  arribavam  em  direção  às  terras  que  compreendem  o  atual  sítio  "Soledade", onde  fixavam  moradia  provisória  nas  grutas  do  lajedo, deixando  para  a  posteridade  suas  manifestações  culturais,  representadas  pelas  inscrições  rupestres, eternizadas em suas  rochas  calcáreas. Nas  páginas do  famoso  livro  intitulado "A  GUERRA  DOS  BÁRBAROS", de autoria do célebre  historiador  AFONSO  D'ESCRAGNOLLE  TAUNAY, às págs 181,230,255,265 e 266, encontramos  as  minudências  acerca  do  processo  empregado  pelo  homem  branco, para  exterminar  a  indiada  tapuias  paiacus  da  região  Apodiense - um verdadeiro  genocídio. Há  um relato de que  o  famoso  "TERÇO  DOS  PAULISTAS"  comandados  pelo  paulista  Manoel  Álvares  de  Morais  Navarro,composto  por  400 homens, lutou  durante  três  dias  e  três  noites  com  a  indiada  situada  nas  margens da  lagoa,eliminando mais de  duzentos  índios  e fazendo  considerável  número  de  cativos. Essa  truculência  praticada  pelo elemento  colonizador, privou  a  região de  Apodi  ver  constar  em seu  mapa  demográfico  a  existência  de  habitantes  com  origem  indígena.

Após  a  extinção  dos  índios, dos quais  temiam  a  belicosidade  e  artimanhas  empregadas  no  embate, o  elemento branco  povoador  passou a  fixar  seus  currais de gado  nas  terras da  Chapada, criando  e  aumentando  o rebanho  em forma  extensiva,onde as divisas  eram  simbolizadas  pela  fixação  de  pedras  grandes.  Verificando as  doações das terras  situadas  sobre a serra, em especial  as  terras  onde  hoje se  encontra  encravada  a  comunidade  do  sítio  "Soledade", encontramos  o seu primeiro   habitante   na  pessoa  do bravo  bandeirante  MANOEL  FRANCISCO  DOS  SANTOS  SOLEDADE,natural de  Aracati-CE, onde  nasceu  a  10 de Janeiro  de  1700  e  falecido  em  Apodi  a  07.02.1755.(Dados biográficos colhidos no BLOG  OESTE  NEWS, do grande e profícuo historiador  JOTA  MARIA, Apodiense de coração). Pesquisando  no Instituto  Histórico  e Geográfico  do  RN, encontrei  o primeiro " LIVRO  DE ATESTADOS DE ÓBITOS  DA    PARÓQUIA DE  APODY" , com  registros  de  óbitos do período  1766 (ano da criação  da  paróquia) ao ano  de  1776, cujos  assentos  foram  lavrados  pelo  primeiro  Padre da  paróquia  de  Apody -  O  Padre  JOÃO DA CUNHA  PAIVA (1766-1776).
Neste  precioso e  importante  documento, consta  que  MANOEL  DA  SOLEDADE  faleceu  em  Apodi  em  suas terras conhecidas  como  "LAJES  GRANDES" , que é  o  atual  sítio  "Soledade", a  07 de Fevereiro  de  1755,aos  55  anos de  idade,pouco mais ou menos, e que  foi  sepultado  na  Igreja-Matriz  de  Apody, deixando a  viúva  dona  VERÔNICA  DOS SANTOS.  Cruzando-se os dados colhidos  pelo historiador JOTA  MARIA com  os dados  colhidos  no dito  livro  paroquial, há  uma  discordância  quanto  ao ano do nascimento  de  MANOEL  DA  SOLEDADE.  Pelos  apontamentos  colhidos  pelo abnegado  pesquisador/historiador  JOTA  MARIA, Manoel  teria  falecido  aos  75 anos  de  idade. Pelo  livro de óbitos  da  paróquia  o  mesmo teria  nascido  em  1720. Fica esta interrogação para  investigações  posteriores. O certo é que  em  01 de Fevereiro de  1766  requereu  e  recebeu  doação  de  três  léguas de terras por uma de comprido, nos seguintes termos: "Ilmo. Capitão-Mór e governador.  DIZ  MANOEL DA SOLEDADE, morador na Ribeira de Apody,desta  Capitania, que  ele suplicante tem suas  criações  de gado e  não tem  terras  próprias  aonde  as  criar  e  porque na "Picada do apody"   que vai  para  o  Jaguaribe, na serra  dela, no  lugar  chamada  "Lajes  Grandes" há em  dita  terra  água  que com benefício se pode  sustentar  gado, e que  ele  dito  suplicante   requer  três  léguas  de terras  pegando  do  dito lugar  das "Lajes Grandes"  correndo  pela  dita  serra ou fazendo  do  comprimento  largura  ou da  largura  comprimento, como melhor lhe  convier...".(FONTE: Vide livro "SESMARIAS DO  RIO  GRANDE  DO  NORTE" - QUARTO  VOLUME, pág. 22  à  25 - 1764-1805).  Como a concessão  foi feita  no  mesmo  dia  da  data  do  requerimento, depreende-se  que  o  mesmo  se  encontrava  em Natal, ou então  que  deixou  a  data  do  requerimento  para  ser  colocada  em  Natal.  Como se  depreende  por  essa  CARTA  DE  DATA  DE SESMARIA, o  atual  sítio  "Soledade"  tinha  o  primitivo  nome  de  "LAJES  GRANDES", que  é  o  atual  e  famoso  "LAJEDO DE  SOLEDADE".

Investigando  o  rastro  desse  lendário  e  magnífico  desbravador, encontrei  largo  referencial  de  sua  vasta  envergadura como  bandeirante.  O renomado  historiador  cearense  GUILHERME  STUDART, em  sua  celebrada  obra  intitulada  "HISTÓRIA  DO CEARÁ"  faz  várias  abordagens  sobre  o  processo  de  colonização  cearense, em que, da  pág. 459 a 464  dá  enfoque  especial  à indômita  figura  de   MANOEL  FRANCISCO DOS  SANTOS  SOLEDADE, que  no  documento/requerimento  em que  solicita  a  doação das terras  apodienses  simplificou  seu  nome  para  MANOEL  DA  SOLEDADE.  Acredito que  adotou  essa  artimanha  para  dificultar  ou até mesmo  impossibilitar  a  ligação  com  ele  mesmo, que  requereu  e  recebeu  doação  de  terras  no  Ceará.  Durante  muito tempo vinha  investigando, em conversas  várias,  com  pessoas  residentes  no Tabuleiro  do Norte  e  em  "Olho  D'água da Bica", acerca  da existência  dessa  família  denominada  de  SOLEDADE, sem  contudo  lograr êxito. Eis que, em um  belo  dia, reservado  por  DEUS, em minha  estimada  e  valiosa  amizade  com  o Sr. LÓ  DE  CASSIMIRO VALENTIM, perguntei  ao  mesmo  se  ele,  em  suas  andanças  pelo  Ceará, especificamente  na  zona  rural e  lugar  denominado de  "Baixa dos Cabras", já ouvira  alguém mencionar, em conversas dos  alpendres  sertanejos  daquelas  paragens, a  existência de  alguém  pertencente  à  família  conhecida  como sendo a  FAMÍLIA  SOLEDADE. Qual  não foi  minha  imensa  alegria, ao ouvir  o velho  LÓ  mencionar  que  conhecia  esta  honrada  família, e que, inclusive já trabalhara  em  terras  da  família  dos  SOLEDADE. Na ocasião  citou  vários nomes  desta  família, fazendo  a  observação de  tem  um dos  SOLEDADE  que  é  vereador  na  cidade  de  Rodolfo  Fernandes, que  se  assina  com o  nome  civil  ENOCK  SOLEDADE.

(Para não tornar cansativa a leitura, continuo no próximo Domingo).


Marcos Pinto – Historiador e Presidente da Academia Apodiense de Letras.

Foi publicado no Apodiario, "vamos acompanhar a sequencia"